Desejo...

Desejo...
Eu sinto teus dedos passeando por todo meu contorno...(clique na imagem)

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

O teu amor onipresentemente,
quero que se derrame todo em minha alma!
E a vida segue sendo o meu bem e meu mal,
como o sol a fazer sombra em pleno meio dia em New York....
A tua risada incrustada em minha pessoa,
faz-me ser apenas puras palavras que te dizem amor,
feito sol quente na nossa cara...em plena praia!
Nosso amor abstrato e cubista em telas gigantes,
espalhadas nas avenidas de Barcelona gritando por Galdi!
Escandalosamente jogado na cara dos caretas...

Luiz wood

Nenhum comentário: