Desejo...

Desejo...
Eu sinto teus dedos passeando por todo meu contorno...(clique na imagem)

quarta-feira, 24 de março de 2010

Outono


O outono já chegou - aos arrufos do vento
as folhas num desmaio embalam-se pelo ar...
- vão caindo...caindo...uma a uma em desalento
e uma a uma, lentamente, vão no chão pousar

O céu azul perdeu o azul - vestiu-se de cinzento
e envolveu-se na neblina a luz baça do luar...
- na alameda onde vou, de momento a momento,
há um gemido de folha a cair e a expirar

O arvoredo transpira as carícias dos ninhos,
e o vento a cirandar na curva das estradas
eleva o folhareu no espaço em redemoinhos...

Há um córrego a levar as folhas secas em bando...
- e a aragem que soluça entre as ramas curvadas,
parece que o arvoredo em coro está chorando!...

J.G.de Araújo Jorge

2 comentários:

Mikaele Tavares disse...

E que chegada do outono..
Acho bem poético chorar em silêncio..

Beijos

Flor disse...

adoro o J.G de Araújo Jorge...
Poesia belíssima!
muito romântico teu blog, minha primeira visita, mas com certeza eu volto.
bjus