Desejo...

Desejo...
Eu sinto teus dedos passeando por todo meu contorno...(clique na imagem)

domingo, 18 de julho de 2010

Pequeno Esclarecimento


Os poetas não são azuis nem nada, como pensam alguns supersticiosos, nem sujeitos a ataques súbitos de levitação. O de que eles mais gostam é estar em silêncio - um silêncio que subjaz a quaisquer escapes motorísticos e declamatórios. Um silêncio... Este impoluível silêncio em que escrevo e em que tu me lês.

Mário Quintana

2 comentários:

Mikaele Tavares disse...

Maria Quintana é um gênio!

E só entende o silêncio quem entende as palavras entrelinhas!

Beijos

Denise disse...

Quintana

Sempre ele

e vc com esse olhar de sentir,para traze-lo aqui.

afagos