Desejo...

Desejo...
Eu sinto teus dedos passeando por todo meu contorno...(clique na imagem)

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Convite profano


Convite profano

Convite profano, o teu.
Branco porém azul,
firme porém calado,
envolvendo-me,
transportando-me
ainda e sempre
até ao passado.-

Lua...
Se a mim seduzes,
quem te seduziu a ti?
Quem te encantou com baladas,
com trovas enluaradas,
serenatas e guitarradas dedicadas a ti?

Lua...
Se a mim procuras,
quem te procurou a ti?
Quem te pediu para fazeres eco
do tempo inacabado,
do que não vivi?

Eu sou amante da Lua...
Amar-te é amar aquele
que também a ti te aprisionou...
Que te chamou quente,
ardente e indecente...
Que para ti rima com ´sempre´...
mas para mim com ´ausente´...

E o luar, por mim chorou...

© Joffrey by Damien, o Rescator.-

Um comentário:

Olavo disse...

Um bonito poema..
Beijos otima semana