Desejo...

Desejo...
Eu sinto teus dedos passeando por todo meu contorno...(clique na imagem)

sexta-feira, 11 de março de 2011

POÉTICA


Quando te escrevo

a mão dilui-se no calor das sílabas.

As palavras, suaves como o resvalar dos dedos,

acolhem-se no aroma dos teus seios,

deambulam pelo vértice da loucura

invadindo a tua boca, escondendo metáforas sob a lingua.


Como um verso fugido por entre as pernas,

o poema rompe de ti como um sopro impuro

e a página onde escrevo inunda-se de fogo.

Imparável torrente!

O lume cresce à medida que o desejo aumenta,

mas o poema nasce ainda mais ardente,

pois a poesia do seu próprio fogo se alimenta.


albino santos...(daqui)

@ Reservados Todos os Direitos de Autor

4 comentários:

Patrícia ♥ disse...

Que cantinho mais adoravel!!
gostei daqui,
estou seguindo, retribui?


beijos,
http://pathyoliver.blogspot.com

Patrícia ♥ disse...

Oii..

Tem selinhoo especial pra vc no meu blog,
beijooos

http://pathyoliver.blogspot.com/2011/03/100-seguidores-o.html

Helio Tadeu Moscatelli disse...

Oi! Adorei seu Blog e gostaria de lhe pedir pra ver o meu também quando tiver um tempinho. Vou desenvolver selos também e o primeiro vou oferecer para blogs super femininos como o seu, corre e dê uma olhadinha?

meu blog:
http://desenhadinho.blogspot.com

pegue o selinho aqui:
http://desenhadinho.blogspot.com/p/selos.html

A.S. disse...

O meu beijo!

AL